O que o setor de sementes pode esperar do próximo presidente?

Edição XXII | 06 - Nov . 2018

ABRASS - comunicacao@abrass.com.br

Com o fim do pleito eleitoral as atenções passam a ser direcionadas para a nova estrutura do executivo e do legislativo, que será empossada no dia primeiro de janeiro de 2019. Neste contexto, é o momento dos diferentes setores apresentarem suas demandas para serem analisadas pelos novos deputados, senadores e para o presidente eleito e sua equipe.

Com o setor de sementes não deve ser diferente, é o momento de apresentar demandas, principalmente no contexto onde mudanças estruturais são discutidas no âmbito ministerial.

Atualmente, o setor de semente tem sofrido com o aumento da utilização de sementes não comerciais (salva e pirata), que tem impactado diretamente na viabilidade econômica do setor. Muito deste crescimento tem como base a dificuldade de fiscalização do uso de sementes no país, centralizado no Ministério da Agricultura e nas Superintendências Federais da Agricultura nos Estados. 

Assim, se faz necessário discutir a solução deste problema que passa necessariamente por uma política de valorização da produção e uso de sementes certificadas. E esta demanda deve necessariamente ser levada à nova gestão que deverá iniciar em 2019. 

Outro ponto importante que deverá ser tratado pelo setor é a discussão da modificação da lei de proteção de cultivares na câmara dos deputados. Após anos de debate em uma comissão especial, a proposta não conseguiu ser votada. Assim, com a posse de novos parlamentares, a discussão deverá ser reiniciada. 

Frente a tudo isso, cabe ao setor se organizar e apresentar suas necessidades e demandas, não só para estes assuntos como para vários outros que envolve o setor. A semente é a base da agricultura, deve ser valorizada e defendida por todos no agronegócio brasileiro.




    Sobre a Abrass

    A Associação Brasileira dos Produtores de Sementes de Soja (Abrass) foi criada em 2012 com o objetivo de unir os produtores (multiplicadores) de semente de soja em um fórum multidisciplinar voltado a fortalecer a produção de sementes de soja e o desenvolvimento da cadeia produtiva. Atua em prol de boas práticas, regulamentação jurídica, marcos legais, difusão de produtos para aumentar a competitividade do agricultor, aperfeiçoamento de instrumentos de políticas públicas, entre outras frentes. Possui cerca de 60 associados, que representam aproximadamente 70% da produção de sementes de soja do Brasil. Está presente em 12 estados e no Distrito Federal, com sede em Brasília.


    TORNE-SE UM ASSOCIADO ABRASS

    Você, multiplicador de semente de soja interessado em unir forças e ajudar a construir soluções e novas ideias para o setor, seja um associado ABRASS. Venha conhecer os ideais e as frentes de trabalho da associação.

    Entre em contato conosco pelos telefones (61) 3547-1649 e 3548-1649 ou através do e-mail abrass@abrass.com.br.

    Twitter: @AbrassBR Facebook: /AbrassBR Site: www.abrass.com.br

Compartilhar

newsletter

Receba nossas melhores
matérias em primeira mão!